Imagem

 Sábado, 12 de Janeiro de 2013

 Hoje é dia 12 e daqui doze dias faço 19. Legal! 19. 1 e 9… nada de especial em fazer 19 anos, né? Quando a criança faz 1 aninho, é especial por ser o primeiro ano da vida dela. Para as meninas, os 15 anos são importantes por conta de toda aquela história de deixar de ser uma menina e se tornar uma mulher. Os 18 têm um peso de responsabilidade. Os 19? Nada. Ninguém liga para os 19! 

  Não tive festa de um ano. Minha única festinha de aniversário na infância foi quando fiz quatro anos. Foi surpresa! Eu lembro muito pouco sobre esse dia, mas graças a Deus tenho um dvd com a festa gravada que assisto sempre que tenho saudade! Na adolescência, outra festa surpresa! Dez anos depois. Eu tinha 14 anos e lembro de ter ficado bem sem graça com todos a minha volta gritando meu nome.

  Não tive festa de 15 anos. Não senti falta disso e não sinto até hoje. Não acredito muito nessa coisa de “com 15 anos, sou uma mocinha” “com 18, a responsabilidade aumenta” e todo esse blá, blá, blá! Sei lá, acho que a pessoa deve, desde cedo, saber quais são suas responsabilidades, deveres, direitos… seja com 15, 18 ou 60 anos.

  Aos – quase – 19, eu só penso em fazer 21 anos! Sim, estou pulando etapas! Com 21, se Deus quiser, viajarei para algum lugar dos Estados Unidos e farei meu intercâmbio de um ano. Quem sabe dois? Ainda não sei. Por agora, preciso fazer os 19 anos, perder uns quilinhos, arrumar um emprego, juntar uma grana, tirar habilitação… acho que quando cumprir minha listinha já estarei com 21! Sem pressa, vivendo um dia de cada vez!

 

Ps.: É claro que a foto do bolo não é minha, peguei da internet para me sentir um pouco mais feliz por estar fazendo 19! 🙂

 

Anúncios